Já conhece a dieta dos 31 dias

Já conhece a dieta dos 31 dias

A dieta dos 31 dias é uma adaptação da dieta da proteína que conta com uma enorme taxa de sucesso pois não é tão restritiva como a dieta da proteína mas permite igualmente uma perda de peso rápida e eficaz. A grande diferença desta dieta é que permite adaptar ao estilo de vida da maioria dos portugueses e ainda permite um “dia da asneira”.

No que consiste a dieta dos 31 dias

No que consiste a dieta dos 31 diasCriada pela nutricionista Dra. Ágata Roquete, esta dieta pode ser seguida através do livro feito pela autora onde encontra várias opções de receitas.

Separada por 4 fases, a dieta dos 31 dias defende uma redução do consumo de hidratos de carbono privilegiando o consumo de proteínas que permite uma redução do peso de forma rápida.

O “dia da asneira” surge como o dia livre onde poderá fazer refeições fora da dieta de forma a conseguir manter o foco e a não se sentir com a pressão de uma dieta de emagrecimento.

Conheça as 4 fases da dieta dos 31 dias

Fase 1

Esta é a fase mais restritiva e deve durar no máximo 15 dias. O consumo de hidratos de carbono é bastante restritiva nesta fase inicial, com a vantagem de que não precisa de abdicar do pão da manhã, um hábito tão típico na alimentação dos portugueses.

Alimentos permitidos na fase 1: Todas as carnes magras, peixe, marisco e frutos do mar, ovos, charcutaria magra, legumes e verduras.

Alimentos que deverão ser consumidos de forma moderada na fase 1: Pão escuro ou de mistura ao pequeno-almoço, um copo de leite animal ou vegetal e queijos magros. Sempre que sentir fome fora de horas poderá consumir gelatina light sem adição de açúcar.

Alimentos proibidos na fase 1: Hidratos de carbono, frutas e doces.

Conheça as 4 fases da dieta dos 31 dias

Fase 2

Também com a duração de 15 dias, esta segunda fase pode ser prolongada por mais tempo se tiver muito peso a perder. Nesta fase deverá incluir algumas refeições com hidratos de carbono integrais e 1 a 2 peças de fruta por dia mas deverá fazer pelo menos 3 dias com jantar apenas de sopa de legumes. Na fase 2 a perda de peso será mais lenta, mas a alimentação será mais equilibrada.

Fase 3

Nesta fase poderá incluir leguminosas e mais refeições de hidratos de carbono. Esta fase é a intermédia antes da fase de manutenção e onde poderá introduzir mais variedade de alimentos de forma a conseguir manter a motivação durante a dieta.

Fase 4

A fase de manutenção deverá ser iniciada quando já perdeu todo o peso ou apenas lhe faltem 1 a 2 kg do objetivo. Nesta fase vai poder introduzir todos os alimentos, mas deverá fazer exercício físico para colmatar os excessos alimentares e deverá consumir alimentos mais calóricos de forma moderada.

Vantagens da dieta dos 31 dias

Apesar de ter bastantes semelhanças com a dieta da proteína, a dieta dos 31 dias torna-se mais fácil de seguir pois não é tão restritiva.

  • Vai poder continuar com o hábito do pão ao pequeno-almoço;
  • Vai poder ter um “dia da asneira” que pode ser num dia que tem um jantar com amigos, por exemplo, não precisando de se sentir excluída da parte social;
  • Vai conseguir perder peso de forma rápida;
  • Vai conseguir perceber a resposta do seu organismo à introdução dos vários alimentos;
  • Vai ter sugestões de receitas para todos os dias sendo mais fácil de organizar o seu dia-a-dia.

Esta é a dieta ideal para quem tem hábitos alimentares enraizados e tem dificuldade em mudar o pequeno-almoço, por exemplo. É uma excelente opção para perder peso sem perder motivação.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here